Arquivo de setembro \24\UTC 2010

“As empresas não têm a escolha de entrar ou não no Twitter”

Saiu na Folha de São Paulo, na última quinta-feira, 23 de setembro de 2010:

Passageiros usam Twitter para exigir providências

Embora ainda não represente nem 10% das mensagens recebidas pelas empresas aéreas, o Twitter começa a ser descoberto pelos passageiros como um novo canal de comunicação.
Esperando uma resposta da companhia aérea – ou,no mínimo, apoio dos amigos e seguidores -, os usuários postam críticas, reclamações e sugestões nessa rede social.
(…)
A publicitária Ana Carolina Lemos, 32, diz que a Gol tenta acalmar os passageiros pela internet para evitar que
problemas individuais ganhem repercussão e arranhem a imagem da empresa. O gerente de comunicação online da empresa, Fábio Lobo, admite que o crescimento desse canal de comunicação foi surpreendente, já que ele sequer existia há dois anos.


Hoje, as cinco principais empresas aéreas do país já possuem Twitter: TAM (
@TAMAirlines), Gol (@GOLcomunicacao), Azul (@azulinhasaereas), Webjet (@Webjet) e Trip (@VoeTRIP). Além de eventualmente responder aos clientes, elas aproveitam o Twitter como ferramenta para divulgar as suas promoções.
O responsável pelo marketing interativo da Azul, Fabio Marão, acredita que
cada tuitada representa uma ligação telefônica a menos, o que deve ajudar a descongestionar este serviço,que costuma ser muito criticado.
Em junho, reportagem da
Folha mostrou que as companhias pagam apenas 17,5% das multas impostas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) por má qualidade de serviços. Para o presidente da agência digital iThink, Marcelo Tripoli, as empresas aéreas não utilizam todas as ferramentas.
Ele cita o exemplo dos EUA, em que promoções são divulgadas a duas horas do voo para evitar o prejuízo de assentos vagos. “As redes sociais são um meio de reduzir os custos, e
as empresas não têm a escolha de entrar ou não no Twitter. Caso contrário, serão criticadas pelas costas”, diz.

___

OBS: Visitei todos os perfis de Twitter. Apenas a @GolComunicacao não está aproveitando a rede para se aproximar de clientes.

___

Texto de VITOR SION, em COLABORAÇÃO PARA A FOLHA
Grifos meus

Anúncios

, , , , , , ,

Deixe um comentário

Introdução às mídias sociais

O que são mídias sociais?
Meios de transmissão de informação e conteúdo. Em geral, carregam diversas formas de relacionamento: conhecer, trocar mensagens e criar grupos.
São mídias abertas ao público, têm custo baixo e vida própria. Sendo assim, você como empresa, deve interagir com seus clientes e ter uma eficiente estratégia de comunicação para atingí-los.

A socialização das mídias
Muito se fala sobre o avanço gigantesco que está modificando a vida das pessoas. Já não se pensa apenas de acordo com os pais, familiares ou amigos de escola; nem a televisão e o rádio são os únicos meios de influência. Agora se pode conversar e relacionar com pessoas do mundo inteiro, seja por meio de música, vídeos, textos ou busca de relacionamentos. Em apenas alguns segundos você pode falar com alguém do outro lado do mundo, vê-lo, escutá-lo e trocar experiências. Esse é um momento ímpar onde o conhecimento é compartilhado e divulgado.

E as empresas no meio disso tudo? Como ficam?
Elas estão correndo atrás para acompanhar seus clientes. Perceberam que eles não apenas aceitam informações e acreditam nos comerciais, mas procuram saber, conversam com outras pessoas, “tuítam”, entram em comunidades do Orkut, tornam-se fãs no Facebook e postam vídeos no Youtube. Sem contar tantas outras mídias.

Como acompanhar o cliente?
Por meio da atenção ao comportamento do consumidor e do marketing de relacionamento. Com isso, a empresa cria um vínculo com o cliente e conquista sua fidelização.

Case: Obama

Um dos casos de maior impacto internacional foi o do Obama, que criou perfis no Twitter, um canal no Youtube (com cerca de 1.800 vídeos postados e 200 milhões de visualizações) e mais de 500 grupos de discussão criados no Facebook. Com isso, mais de 67% do montante arrecadado em contribuições vieram da internet.

E você, vai ficar fora dessa?

—–

Referências:
TORRES, Cláudio. A Bíblia do Marketing Digital – Tudo o que você queria saber sobre Marketing e Publicidade na Internet e não tinha a quem perguntar. SãoPaulo:Novatec Editora, 2009.

REVISTA WEBDESIGN. Rio de Janeiro:ARTECCOM, 2010.

, , , ,

Deixe um comentário

Rede social de garagem (especial para nerds)

O Laboratório de Garagem é uma rede social criada por Marcelo Rodrigues, um paulistano que resolveu discutir invenções a nível digital.

Com um selo de “rede social para quem desenvolve ciência e tecnologia de garagem”, o site possui membros geeks que se cadastram, tiram dúvidas, apresentam e aprimoram seus projetos (alguns bem interessantes, como scanner e impressora 3D e robótica na prática).

A segmentação de público é cada vez mais afunilada e isso não deixa a desejar em nada o conteúdo.

A você, nerd de plantão: sinta-se em casa.

, ,

Deixe um comentário

Electrolux e o liquidificador silencioso

A Electrolux inicia uma campanha de lançamento do liquidificador Power Mix Silent com a criação de um vídeo inserido no Youtube para estreitar o relacionamento com os clientes.

Criativo e divertido, esse vídeo vai dar o que falar.

Dica @proxxima

, , ,

Deixe um comentário

Você já ouviu falar em Social Media Optimization (SMO)?

A maioria das pessoas “antenadas” na internet já ouviu falar do termo SEO, sigla de Search Engine Optimization que, em outras palavras, é pura e simplesmente o ato de otimizar um site para que ele seja melhor identificado pelas ferramentas de busca. Ou seja: ao invés de ele aparecer na página número 30 do Google, tentar estar na 3 ou, até melhor, na 1ª página.

Em mídias sociais também existe um sistema de otimização para buscas: o Social Media Optimization (ou simplesmente SMO). Trata-se de um termo referente a um conjunto de ações realizadas nos meios de comunicação para atrair visitantes ao site/blog e posicionar perfis em buscadores.

Rohit Barghava, criador do termo, fez cinco regras básicas para definir uma estratégia de marketing adequadas destinadas a  redes sociais.

São elas:

1. Aumente sua linkabilidade (linkability)

Muitos sites são “estáticos” (raramente atualizados). Se você quer otimizar um site para mídias sociais, precisa aumentar a linkabilidade do conteúdo.

2. Facilite o compartilhamento de conteúdos

Adicione  recursos de conteúdo para compartilhá-lo em redes sociais. Por exemplo, ter botões de atalho para “tuitar” determinado post.

3. Corresponda aos Links recebidos

Verifique quem te  linkou e linke de volta a partir de certo conteúdo. Essa é uma boa prática para favorecer o crescimento de links de entrada.

4. Ajude o seu conteúdo a “viajar” na internet

Ao contrário de muito do SEO, SMO não se trata apenas de fazer alterações em um site. Quando você tiver um conteúdo que possa ser portátil (como PDF’s, arquivos de vídeo e arquivos de áudio), submeta-os a sites relevantes. Isso irá ajudar seu conteúdo a  continuar navegando e, finalmente, conduzir links para seu site.

5. Incentive a co-criação de conteúdo

Permita que seu conteúdo seja utilizado por meio de canais no Youtube e feeds RSS.

* Essas são apenas algumas dicas. Vale a pena ter um consultor de mídias sociais por perto para não dar tiro no escuro.

, , ,

4 Comentários

Yahoo! Social Bike

Hoje é o #DiaMundialSemCarro. Para quem não sabe, é um dia em que pessoas do mundo inteiro se mobilizam e utilizam um veículo alternativo (no caso, uma bicicleta) ao invés de carro particular.

Pensando nisso, a Yahoo! criou um aplicativo para Iphone que identifica automaticamente quando o usuário está em movimento e fornece informações de velocidade e distância. Também permite compartilhar rotas e fotos de passeios com pessoas do seu Twitter, Meme e Facebook.

* O software é gratuito e só exige que que você tenha um login no Flickr.

, , , ,

Deixe um comentário

Relógio de mídias sociais

Você é daqueles que entendem a importância das mídias sociais, tem contas em diferentes plataformas, mas sempre se esquece de atualizar alguma?

Seus problemas acabaram! Vem aí o relógio de mídias sociais.

Com um design moderno e clean, ele te lembra de suas responsabilidades na rede.

Valor: $15.99

PS: Claro que a maioria das pessoas que se interessarem por este produto são as fissuradas por Facebook, Twitter, Youtube, entre outras. Mas vale a #dica até para os que não se acostumaram (ainda) com tantas plataformas.

, ,

Deixe um comentário