Proibir o uso de redes sociais NÃO é o melhor caminho!

Muitas empresas restringem o uso de redes sociais em local de trabalho por medo de que informações confidenciais sejam divulgadas. Além disso, já houve casos em que um funcionário de determinada empresa criticou sua metodologia e a colocou em uma situação bem delicada.

Eu, por exemplo, já presenciei um caso semelhante. Meu pai contratou uma empresa telefônica para oferecer alguns serviços e, para garantir, anotou o número telefônico do funcionário que fechou o contrato em nome da empresa. O serviço não foi prestado como o acordado e meu pai ligou para o funcionário a fim de obter satisfação. O funcionário disse apenas o seguinte “a empresa X é picareta e não presta. Eles prometem e não cumprem, por isso pedi demissão. Você está com dúvidas? Problema seu! Eles nunca vão ajudar!”.

Imagine a situação em que meu pai ficou ao ouvir isso de um funcionário! Tudo bem que a pessoa havia pedido demissão, mas era o único contato direto que meu pai tinha com a empresa.

Toda a credibilidade e confiança conquistadas em anos de serviço foram perdidas em um momento telefônico. Agora, imagine se isso tivesse acontecido em alguma mídia social? Imagine se esse funcionário controlasse o Twitter da empresa? Milhares de seguidores perderiam, pelo menos, parte da confiança.

Não estou contando essa história para que você desista de implementar o uso de mídias sociais em sua empresa. Como dito em um post anterior, é inevitável que ela seja comentada na internet. Então é melhor saber o que estão falando.

As empresas devem, portanto, orientar seus profissionais quanto ao usocorreto de mídias sociais.

Proibir o acesso às redes sociais pode abalar a competitividade da empresa e até mesmo sua capacidade de conquistar e reter novos profissionais. Até mesmo as agências de publicidade estão criando setores online para atender totalmente às demandas de seus clientes.

“A troca de informações entre profissionais internos com outras empresas e com os clientes é um benefício muito rico que foi potencializado pela mídias sociais”, afirma Pedro Guimarães, diretor-comercial da consultoria de recursos humanos Manpower.

A maioria das pessoas não gosta de ligar para empresas, afinal, a grande falha da telefonia brasileira é a comunicação por meio telefônico. Pode-se reclamar pelo Twitter, Facebook, blogs ou e-mails sem ter que ouvir uma musiquinha chata tocando enquanto se espera para ser atendido. As pessoas que sabem disso, vão utilizar essa ferramenta (para reclamar, falar bem ou mal).

E atenção: quase todo mundo está sabendo. E falta pouco pra contar a quem não sabe.

Anúncios

, , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: