Posts Marcados twitter

Quanto se compartilha via mídias sociais?

O SocialTwist de Media Sharing Trends 2010 é um relatório que se baseia na análise do compartilhamento de redes sociais de milhões de mensagens enviadas pelo widget “Tell-a-Friend” durante o período de agosto de 2009 a julho de 2010.

Principais observações

O e-mail diminuiu o compartilhamento de informações em 15% se comparado ao ano passado. Em contrapartida, continua sendo responsável por uma boa parcela da pizza, com 55% de ações realizadas.

Enquanto isso, sites de redes sociais tiveram um destaque em sua utilização : aumento de mais de 10% e com mais de 60% de cliques em chamadas com links.

O Facebook, como já era de se esperar, se destacou como o serviço preferido para compartilhamento entre redes sociais.

Redes sociais

O Facebook, que responde por mais de 78% de uso para compartilhamento de conteúdos na web em 2010, se mantém como a primeira escolha entre as redes sociais. Myspace tem ainda uma grande parte da porcentagem, mas vem diminuindo ao longo dos anos, enquanto o Twitter cresce.  O interessante do gráfico é que, além do Orkut , o Google não está presente, uma preocupação para a gigante.

Blogs

A maioria dos blogs procura ter seu conteúdo compartilhado tanto quanto possível, proporcionando aumento de tráfego. WordPress é líder em compartilhamento de conteúdo via blogs, com o Blogger em segundo lugar.

Mensagens Instantâneas

Para a surpresa dos fãs do MSN, o Yahoo e Gtalk estão disparados na frente, com 52% e 42% do público.

E seu público, você já sabe onde está?

Anúncios

, , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Conheça seu público e fale diretamente com ele

supernice-annemendes.wordpress.com

Muitas empresas estão entrando com tudo na onda das mídias sociais e estão vendo que não basta apenas criar um perfil no Twitter ou Youtube. O objetivo não é só estar na Web, mas atingir o público.

Para isso, você precisa saber com quem está falando.

A marca de sabão em pó Omo, por exemplo, sabe que a maior parte das pessoas que utiliza seu produto (e compra) é composta por donas de casa e pelas “secretárias do lar”. Então, nada de fazer um ambiente totalmente teen, com uma porção de coisas que não interessam! Eles resolveram criar uma personagem chamada SuperNice que é uma empregada doméstica “jovem, prática e moderna” como diz o próprio site.

A SuperNice é a personagem principal de uma série que envolve vídeos no Youtube, um perfil no Facebook, dicas no Twitter, respostas no Formspring e um site super interativo.

Veja o primeiro vídeo da série:

, , , , , , ,

Deixe um comentário

Encontre seus clientes espalhados no Twitter

Existem diversas maneiras de fazer contato e relacionamento com os clientes nas mídias sociais.

Porém, uma tarefa às vezes difícil é achar o público certo, que se interessa e fala da mesma coisa que a sua empresa.

Para conseguir solucionar o problema, algumas ferramentas podem te ajudar bastante, como o Twitter Search, Twitter Grader e o Backtweets.

O Twitter Search é uma ferramenta de busca de conversas que tenham no conteúdo a frase que foi procurada, permitindo que o empresário se aproxime dos pensamentos e entenda as ambições do público. OBS: Ela só rastreia conversas do Twitter.

O Twitter Grader é uma opção vantajosa quando se trata de relevância na Web, pois rastreia os usuários de acordo com o número de followers, follows, tweets, conversas e retweets.

O Backtweets rastreia conversas com links encurtados.

É claro, e todo mundo já está cansado de ouvir, que a busca por clientes na Web passa muito mais pelas ferramentas de relacionamento do que por essas ferramentas técnicas,  mas conhecer o assunto e como o seu público fala sobre eles, faz com que você o conheça melhor e só aumente a satisfação do cliente.

Fonte: CoWorkers

, , , ,

Deixe um comentário

Redes Sociais preferidas pelas empresas

O Instituto Brasileiro de Inteligência de Mercado (Ibramerc) realizou uma pesquisa sobre a presença e o uso das redes sociais com 251 empresas de médio e grande porte e constatou: 65% dessas empresas já utilizam as redes sociais como ferramentas de comunicação com clientes e prováveis clientes.

Mesmo com muitas empresas aderindo ao uso das redes sociais, elas são vistas como complementares, mas não fundamentais em sua comunicação. O principal motivo é o fato de que nem todos sabem utilizá-las da melhor maneira ou não entendem como isso pode agregar valor ao seu negócio, e seu uso ainda está em fase de testes.

A seguir, um infográfico mostrando como algumas empresas estão lidando com essa novidade.

Fonte: Web é o Canal

, , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Agência abandona site e se muda para o Twitter

O que eu mais gosto em toda essa história de mídias sociais é que sempre surge alguma coisa nova. Quando você ouve falar de empresas que estão criando contas no Twitter para acompanhar seus clientes,  a Kamchatka (agência argentina) passa na frente e deixa o site convencional pra trás, migrando todo o seu conteúdo para o Twitter.

Graças ao #NewTwitter (novas funcionalidades do microblog), em apenas dois tuítes conseguiram resumir tudo aquilo que geralmente contém nos sites. O primeiro post atua como se fossem botões, com tópicos no estilo “quem somos”, “cases” ou “contatos”, e o segundo mostra um vídeo explicando como funciona a ideia.


Confira abaixo:

Fonte: Exame

, , , ,

2 Comentários

Redes Sociais Corporativas na América Latina 2010

Enquanto que a presença de empresas latinas nas redes sociais não é tão forte quanto no resto do mundo, as empresas que de fato engajadas são bastante ativas. Quase metade (49%) das empresas latinoamericanas pesquisadas está presente em pelo menos uma rede social, índice similar ao da Ásia Pacífico (50%), mas significantemente menor do que nos Estados Unidos (86%) e Europa (88%). Contudo, o nível de atividade nas empresas engajadas é praticamente o mesmo: no Twitter, empresas latinoamericanas postam em média 26 frases por semana, sendo que a média global é de 27 posts no mesmo período.

Empresas latinoamericanas estão perdendo uma grande oportunidade ficando fora das redes sociais, arriscando até suas reputações ao não monitorar o que usuários do Twitter estão falando.

O verdadeiro alerta para essas empresas estabelecerem canais nas redes sociais foi o número de colaboradores que queriam conectar-se a elas.

Veja o que pode ser feito para começar essa conexão:

1) Monitore o que estão falando sobre sua empresa. Pelo menos uma vez ao dia, um funcionário destacado para isso pode checar o Twitter, Google Blog Search e quaisquer outras redes sociais populares em seu país. Isso pode ajudar a acompanhar qualquer comentário negativo que possa causar mais dano à marca e à reputação, além de dar a oportunidade de construir um relacionamento com advogados da marca.

2) Esteja presente em pelo menos uma rede social, construindo uma página oficial que ligue ao site corporativo. Por exemplo, você pode criar uma conta de Twitter e designar uma pessoa a gerenciar e twittar pelo menos duas vezes por semana. Os posts podem ser notícias sobre a empresa, mas você também pode responder questões de seus seguidores referentes ao mercado e mostrar proatividade. Aprenda mais sobre seus seguidores e assim, entenda os critérios que os levaram a seguir sua empresa.

Via Radar Digital

, , , , ,

Deixe um comentário

Os altos e baixos das mídias sociais

A BBC fez uma matéria mostrando os altos e baixos das diferentes mídias sociais, no período de junho de 2009 a junho de 2010.

O Facebook é o que mais está crescendo, seguido do Twitter, Orkut e Linkedin, enquanto MySpace, Flickr e Bebo estão decaindo. Veja o infográfico:

Caso esteja difícil visualizar, clique na imagem para vê-la em tamanho completo

Na pesquisa, também havia um “top 5” das principais mídias sociais de cada país. Confira:

Caso esteja difícil visualizar, clique na imagem para vê-la em tamanho completo

E aí, você vai ficar fora dessa?


, , , , , , , , ,

Deixe um comentário